Certificações

Com a gestão delegada do Sistema Multimunicipal do Vale do Tejo sucessora da Águas de Lisboa e Vale do Tejo, criada por via do Decreto-Lei nº  94/2015, de 29 de maio e redenominada pelo Decreto-Lei nº 34/2017, de 24 de março, atribuída à EPAL, nos termos do Decreto-Lei nº 94/2015, de 29 de maio, foi necessário obter, por parte da entidade certificadora, uma extensão de âmbito ao sistema integrado de responsabilidade empresarial da EPAL, por forma a abranger os sistemas de gestão das empresas agregadas.

Uma vez que todas as empresas já detinham certificações dos seus sistemas de gestão de qualidade, ambiental e de segurança e saúde no trabalho, algumas delas inclusive de responsabilidade social, foi possível obter com êxito a extensão do âmbito.

Assim, a certificação concedida define o âmbito estabelecido para a certificação, em qualidade, ambiente e segurança e saúde no trabalho, das duas sociedades como:


EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, S.A.
“Abastecimento de água para consumo humano, incluindo a respetiva captação, tratamento, armazenamento, transporte, distribuição, comercialização e atividades relacionadas desenvolvidas na área de intervenção da EPAL” e “Exploração e Gestão, por delegação, do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento da Águas do Vale do Tejo - AdVT, SA (atividades desenvolvidas nos centros operacionais e em infraestruturas de rede)”.

Águas do Vale do Tejo, S.A.
“Gestão do contrato de concessão da exploração e gestão do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Vale do Tejo, cuja exploração é assegurada pela EPAL”.